Procurar
Close this search box.

Cine-Teatro Avenida

Projetado pelos arquitetos Raul César Caldeira e Albertino Crujeiro Galvăo Roxo, o edifício tem uma área coberta de 1. 147 metros quadrados. O terreno sobrante, com a superfície de 903 metros quadrados, constitui uma esplanada para espetáculos ao ar livre.

O edifício, concebido no Estilo Moderno, é um exemplar característico da evolução da Arquitetura, operada no século XX, com o emprego de novos materiais de construção.

Além do salão principal, balcão e camarins possui, nos seus três pisos, outros salões, botequins e todas as dependências inerentes a uma moderna casa de espetáculos.

Centro de Interpretação Casa do Rossio

O Centro de Interpretação Casa do Rossio é um espaço expositivo que procura preservar memórias e vivências do quotidiano rural, sendo uma referência identitária para as populações do concelho de Castelo Branco, em particular da freguesia da Lardosa.

Este espaço resulta da reabilitação, pela Câmara Municipal de Castelo Branco, de três edifícios contíguos da malha urbana antiga da rua do Rossio, na Lardosa. A reabilitação dos imóveis diligenciou a manutenção das fachadas originais em cantaria aparelhada de granito, na qual se destaca a data de 1682, no vão de um dos imóveis. Esta intervenção viabilizou a ligação interna dos três edifícios e o acesso ao edifício anexo do forno comunitário, que mediante marcação pode ser utilizado pela população em geral.

Casa da Mem. da Presença Judaica

Pretende contar a história de uma comunidade que em muito contribuiu para o desenvolvimento da cidade durante o período quinhentista, as suas memórias e o legado que por cá deixou. A Casa da Memória expõe um conjunto de objetos associados ao Ciclo Vital, às Festividades e aos seus Rituais.

Centro de Interpretação Bordado de CB

Foi projetado para promover, preservar e inovar a arte que enquadra o Bordado de Castelo Branco.
Paralelamente com objetos antigos coexistem, neste espaço, as mais recentes técnicas de explicação e amostragem do produto, apoiadas em modernos suportes digitais e tecnológicos.

Centro de Interpretação do Jardim do Paço

Desde 2013, o Centro de Interpretação do Jardim do Paço é também a entrada para este espaço único no País.

No Centro, para além de adquirir o bilhete que lhe permite o ingresso no Jardim do Paço, o visitante pode conhecer a história do espaço patrimonial mais emblemático da cidade, observar peças originais que já fizeram parte do Jardim – encontradas durante as diversas investigações e obras de beneficiação que têm sido realizadas – ou adquirir alguma das diferentes obras publicadas sobre o Jardim.

Centro Cultura Contemporânea Castelo Branco

Instalado num edifício com forte presença arquitetónica, foi inaugurado em 2013, é da autoria do arquiteto catalão Josep Luis Mateo. No interior possui zonas para exposições temporárias e um auditório com 275 lugares dotado com um sistema acústico que dispensa amplificação sonora.

Núcleo Etnográfico da Lousa

O edifício foi recuperado e adaptado, evoluindo em dois pi- sos. O piso inferior é dedicado à temática do azeite com o respetivo ciclo tecnológico e as diversas fases de produção. O piso superior é dedicado à etnografia e tradições seculares desta freguesia, nomeadamente as Danças Tradicionais.

Museu do Canteiro

O Solar dos Goulões, mais tarde designado Solar Ulisses Par- dal, em Alcains, acolhe o Museu do Canteiro.
A temática é dedicada ao labor do canteiro, que tem como tema central a pedra, as técnicas e os instrumentos para tra- balhar o granito, tão ligado à história socioeconómica da vila e do concelho. Além de um auditório, este espaço também está dotado de uma área para exposições temporárias.

MUTEX – Museu do Têxteis

O Museu dos Têxteis apresenta aos visitantes o património industrial e técnico do sector têxtil. Localizado na freguesia de Cebolais de Cima e Retaxo, é constituído por um espaço museológico onde foram preservados mecanismos originais da indústria têxtil, demonstrando as diversas fases da produção relativas à cardação e fiação. O museu contempla ainda, um espaço experimental, com uma sala audiovisual e mecanismos referentes ao processo de tecelagem.

Museu da Seda

Do Bicho ao Fio; Do Fio ao Tecido e do Tecido ao Produto Final.
O Museu é constituído por cinco salas onde se pode compreender o processo de produção da seda e conhecer alguns instrumentos utilizados no método tradicional da sua obtenção.

Museu Cargaleiro

O Museu tem em reserva e expõe o acervo de Arte da Fundação Manuel Cargaleiro, que integra peças de diversas tipologias, com destaque para a Pintura, Cerâmica, Escultura, Azulejaria e Tapeçaria. A Coleção é constituída por grande número de peças da autoria de Manuel Cargaleiro, e também de alguns dos mais prestigiados artistas nacionais e internacionais

Museu F. Tavares Proença Júnior

Museu Francisco Tavares Proença Júnior, 07-05-2023, no Concelho de Castelo Branco. FOTO BRUNO PIRES / SLIDESHOW

Fundado em 1910, ocupa o antigo Paço Episcopal de Castelo Branco, edifício que passou por sucessivas adaptações funcionais até à instalação do museu, em 1971. Atualmente, o museu propõe, no seu circuito permanente, três núcleos principais: Memórias do Bispado, onde sobressai a pintura e tapeçarias do século XVI; tecnologias têxteis tradicionais, que regista o processo de produção e transformação artesanal do linho e, uma outra parte dedicada à arqueologia.